Correlações de longo alcance em séries temporais de velocidade do vento no Nordeste

  • Anderson José de Araujo Universidade Federal de Alagoas
  • Tatijana Stosic
  • Borko Stosic
  • Cláudia Helena Dezotti
Palavras-chave: velocidade do vento, série temporal, correlações de longo alcance, detrended fluctua-tion analysis

Resumo

O vento é um dos elementos mais complexos do clima, e contribui significativamente em vários fenômenos como erosão do solo, dispersão de poluentes, transporte de pólen e sementes, propagação de doenças e geração da energia eólica. Para descrever e quantificar a dinâmica dos fenômenos climáticos são utilizados novas técnicas de modelagem, incluindo a análise não linear, dinâmica fractal e multifractal. Um dos aspectos importantes para uma melhor veracidade destes modelos é a existência das correlações de longo alcance, que foram observadas ao longo da última década em séries temporais climáticas. Esse trabalho tem como objetivo analisar as correlações de longo alcance das séries temporais de velocidade do vento na região do Nordeste, durante o período de 2008 a 2011, utilizando o método Detrended Fluctuation Analysis - DFA.

Referências

BOWMAN, A.W.; AZZALINI A. Applied smoothing techniques for data analysis: the kernel approach with s-plus illustrations. NY: Oxford University Press, 1997.

COSTA, R. L.; VASCONCELOS, G. L. Long-range correlations and nonstationarity in Brazilian stock market. Physica A, Netherlands, v.329, pp. 231-248, 2003.

ECHNER, J. F. et al. Power-law persistence and trends in the atmosphere: A detailed study of long temperature records. Physical Review E, Netherlands, v. 68, 06133, 2003.

KAVASSERI R. G.; NAGARAJAN R. A multifractal description of wind speed records. Chaos, Solitons & Fractals, v. 24, p. 165, 2005.

PENG, C. K. et. al. Mosaic organization of DNA nucleotides. Physical Review E, v. 49, n. 2, pp. 1685-1989, 1994.

Publicado
14-01-2015