TECNOLOGIAS DIGITAIS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM LETRAS

Ione Carvalho Santos Silva, Ângela Francine Fuza

Resumo


O objetivo deste estudo é o de analisar como as tecnologias digitais estão presentes no curso de Letras, de uma universidade pública, da região norte do país.  Para tal, foi aplicado um questionário aos professores em formação, com o intuito de observar, por meio de uma análise qualitativa e quantitativa, como curso vem preparando esses sujeitos para atuarem com as tecnologias. O estudo se fundamenta em discussões sobre os letramentos digitais e a formação de professores por meio das tecnologias. Os resultados, quanto às atividades e tecnologias, empregadas no curso de Letras, apontam: (i) a leitura e os seminários como atividades mais frequentes; (ii) o texto literário como o mais lido; a resenha como o gênero mais produzido; (iii) o Datashow como o recurso digital mais utilizado. Destacam-se, ainda, três funções para os recursos digitais (1) para apresentação de trabalho e exposição; (2) como recurso de apoio à pesquisa; (3) como recurso para ministrar aula. A maioria dos acadêmicos relata não perceber relação entre as práticas de leitura/escrita que têm fora da academia e dentro dela. Diante do exposto, percebe-se que a temática sobre tecnologias não é foco de discussão no curso de Letras, não havendo atividades que possibilitem o aprofundamento sobre o real caráter da formação do professor por meio das tecnologias.


Palavras-chave


Tecnologias digitais; Professor em formação; Língua Portuguesa.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .