Recuperação de cavalos em teste de simulação de vaquejada

  • André Luiz Pintos dos Santos UFRPE
  • Denise Stéphanie de Almeida Ferreira UFRPE
  • Pedro José Rodrigues Neto UFPB
  • Ayrton Fernandes de Oliveira Bessa UFPB
  • Moacyr Cunha Filho moacyr2006@gmail.com
  • Maria Lindomárcia Leonardo da Costa UFPB
  • Guilherme Rocha Moreira UFRPE
Palavras-chave: Esporte, equídeos, desempenho atlético

Resumo

Avaliou-se, através de teste de simulação de vaquejada, o desempenho de cavalos Quarto de Milha, com idade entre 4 a 7 anos; peso médio de 450 kg e escore corporal 3,0. Foram realizadas três corridas numa distância de 75 metros/cada, com intervalos de 2 minutos e velocidade média de 13,5 km/h. Verificou-se a frequência cardíaca (FR), frequência respiratória (FR) e temperatura retal (RT). Foram determinadas as concentrações de aspartato aminotransferase (AST), creatinaquinase (CK), lactato desidrogenase (LDH), cálcio, fósforo e magnésio. O delineamento experimental foi realizado em blocos casualizados; sendo os tratamentos determinados por momentos de coleta de sangue (repouso, 1, 5, 20 e 50 minutos pós-teste). Os dados obtidos foram submetidos ao teste de Scott-Knott (p < 0,05). A FC elevou-se; A FR apresentou diferença estatística imediatamente após o teste, declinando após 5 minutos. As concentrações enzimáticas de aspartato aminotransferasese elevaram-se. Para a enzima creatina quinase, não houve diferença estatística nos tempos avaliados (p<0,05). Foram registradas diferenças nas concentrações de lactato desidrogenase durante a simulação. O cálcio e o magnésio sérico não apresentaram diferenças estatísticas (p < 0,05). O nível de fosfato sérico sofreu variação, ocasionando diferença estatística. Os animais avaliados nesse trabalho estão aptos a competir nas provas de vaquejada.

Biografia do Autor

André Luiz Pintos dos Santos, UFRPE
Depertamento de Biometria e Estatística Aplicada DEINFO-UFRPE
Denise Stéphanie de Almeida Ferreira, UFRPE
Depertamento de Biometria e Estatística Aplicada DEINFO-UFRPE
Pedro José Rodrigues Neto, UFPB
Centro de Ciências Agrárias - CCA - UFPB
Ayrton Fernandes de Oliveira Bessa, UFPB
Centro de Ciências Agrárias - CCA - UFPB
Moacyr Cunha Filho, moacyr2006@gmail.com
Depertamento de Biometria e Estatística Aplicada DEINFO-UFRPE
Maria Lindomárcia Leonardo da Costa, UFPB

Centro de Ciências Agrárias - CCA - UFPB

Guilherme Rocha Moreira, UFRPE
Depertamento de Biometria e Estatística Aplicada DEINFO-UFRPE

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS CRIADORES DE CAVALOS QUARTO DE MILHA – ABQM. A qualidade da raça: Quarto de Milha e suas qualidades. Disponível em: <https://www.abqm.com.br/pt/conteudos/quarto-de-milha/qualidade-da-raca> Acesso em: 22 mar. 2019.

CAPELLETO, E. C.; LAURA ANGELI, A. L.; GRAFF, H. Respostas fisiológicas em quarto-de-milha após prova de tambor. Revista Acadêmica: Ciências Agrárias e Ambientais, Curitiba, v. 7, n. 3, p. 299-304, 2009.

CARROL, C. L.; HUNTINGTON, P. J. Body condition scoring and weight estimation of horses. Equine Veterinary Journal, v. 20, n. 1, p. 41-45, 1988.

COELHO, C. S.; LOPES, P.F.R.; PISSINATI, G. L.; RAMALHO, L. O.; SOUZA, V. R. C. Influência do exercício físico sobre sódio e potássio séricos em equinos da raça Quarto de Milha e mestiços submetidos à prova de laço em dupla. Revista Brasileira de Ciência Veterinária, v. 18, n. 1, p. 32-35, 2011.

CROCOMO, L. F.; BALARIN, M. R. S.; TAKAHIRA, R. K.; LOPES, R. S. Macrominerais séricos em equinos atletas da raça Puro Sangue Inglês, antes e após exercício físico de alta intensidade. Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal, v. 10, n. 4, p. 929-938, 2009.

FERRAZ, G. C.; TEIXEIRA-NETO, A. R.; D’ANGELIS, F. H. F.; LACERDA-NETO, J. C.; QUEIROZ-NETO, A. Alterações hematológicas e cardíacas em cavalos Árabes submetidos ao teste de esforço crescente em esteira rolante. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, v. 46, n. 6, p. 431-437, 2009.

FERRAZ G. C.; TEIXEIRA NETO, A. R.; LACERDA NETO, J. C.; PEREIRA, M. C.; QUEIROZ NETO, A. Influência do treinamento aeróbio sobre o cortisol e glicose plasmáticos em equinos. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v. 62, n. 1, p. 23-29, 2010.

FRANCISCATO, C.; LOPES, S. T. A.; VEIGA, A. P. M. V.; MARTINS, D. B.; EMANUELLI, M. P.; OLIVEIRA, L. S. S. Atividade sérica das enzimas AST, CK e GGT em cavalos Crioulos. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 41, n. 10, p. 1561-1565, 2006.

GOMES, N.M.A.; GOTTARDI, F.R.; LOPES, F. S.; FAGUNDES, G.B.; NASCIMENTO, R. R. Adaptações fisiológicas de equinos durante torneio de vaquejada. Enciclopédia Biosfera, Centro Científico Conhecer - Goiânia, v. 11, n. 21; p. 36-49, 2015.

GRAMKOW, H. L.; EVANS, D. L. Correlation of race earnings with velocity at maximal heart rate during a field exercise test in thoroughbred racehorses. Equine Veterinary Journal Supplement, v. 36, p. 118-22, 2006.

KOWAL, R. J.; ALMOSNY, N. R. P.; CASCARDO, B.; SUMMA, R. P.; CURY, L. P. Avaliação dos valores de lactato e da atividade sérica da enzima creatina quinase (2.7.3.2) em cavalos (Equus caballus) da raça Puro-Sangue-Inglês (PSI) submetidos a teste de esforço em esteira ergométrica. Revista Brasileira de Ciência Veterinária, v. 13, n. 1, p. 3-19, 2006.

HINCHCLIFF, K. W.; GEOR, R. J.; KANEPS, A. J. Equine exercise physiology: the science of exercise in the athletic horse. Philadelphia: Saunders, 2007.

LINDNER, A. E; BOFFI, F. M. Pruebas de ejercicio. In: BOFFI, F. M. Fisiología del ejercicio equino. Buenos Aires: InterMédica, p.146-153, 2006.

LOPES, K. R. F.; BATISTA, J. S.; DIAS, R. V. C.; SOTO-BLANCO, B. Influência das competições de vaquejada sobre os parâmetros indicadores de estresse em equinos. Ciência Animal Brasileira, v. 10, n. 2, p. 538-543, 2009.

MARC, M.; PARVIZI, N.; ELLENDORFF, F.; KALLWEIT, E.; ELSAESSER, F. Plasma cortisol and ACTH concentrations in the warmblood horse in response to a standardized treadmill exercise test as physiological markers for evaluation of training status. Journal of Animal Science, v. 78, n. 7, p. 1936-1946, 2000.

MENESES, A. C. A.; COSTA, M. D.; MARUCH, S.; MOREIRA, P. R.; NETO, T. M. Medidas lineares e angulares de animais da raça Quarto de Milha utilizados em uma prova de vaquejada. Revista Brasileira de Ciência Veterinária, v. 21, n. 4, p. 256-261, 2014.

MUNDIM, A. V.; TEIXEIRA, A. A.; GALO, J. A.; CARVALHO, F. R. S. Perfil bioquímico e osmolalidade sanguínea de equinos utilizados para trabalho em centros urbanos. Bioscience Journal, v. 20, n. 1, p. 135-142, 2004.

NIELSEN, B. D.; TURNER, K. K.; VENTURA, B. A.; WOODWARD, A. D.; O'CONNOR C, I. Racing speeds of quarter horses, thoroughbreds and Arabians. Equine Veterinary Journal Supplement, London, v. 36, p. 128-132, 2006.

PATELLI, T. H. C.; SOUZA, F. A. A.; CARDOSO, M. J. L.; FAGNANI, R.; SILVA, A. R.; NASCIMENTO, A. F. Atividade sérica das enzimas creatina quinase e aspartato aminotransferase em equinos submetidos a duas modalidades esportivas. PUBVET, v. 10, n. 8, p. 580-635, 2016.

PEREIRA, G. L.; REGATIERI, I. C.; FERRAZ, G. C. QUEIROZ NETO, A.; CURI, R. A. Perspectivas do uso de marcadores moleculares no melhoramento genético de equinos de corrida da raça Quarto de Milha. Veterinária e Zootecnia, v. 22, n. 3, p. 347-369, 2015.

PEREIRA, M. A. A. J. S. Avaliação das concentrações séricas de lactato, creatina quinase, aspartato aminotransferase, lactato desidrogenase, parâmetros clínicos e hematológicos de equinos Quarto de Milha submetidos à prova de laço em dupla. 80 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal: Fisiopatologia Médica e Cirúrgica) – Faculdade de Medicina Veterinária, Unesp, Araçatuba, 2015.

PEREIRA NETO, E. Avaliação hematológica e bioquímica em equídeos durante exercício. 2012, 43 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias) – Centro Universitário Vila Velha, Universidade de Vila Velha, 2011.

RIBEIRO, C. R.; MARTINS, E. A. N.; RIBAS, J. A. S.; GERMINARO, A. Avaliação de constituintes séricos em equinos e muares submetidos à prova de resistência de 76 km, no Pantanal do Mato Grosso, Brasil. Ciência Rural, v. 34, n. 4, p. 1081-1086, 2004.

SANTIAGO, T. A. Metabolismo energético em cavalos durante simulação de prova de vaquejada. 65 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Veterinária) – Universidade Federal Rural de Pernambuco, Departamento de Medicina Veterinária, Recife, 2010.

SILVA, I. A. C.; DIAS, R. V. C.; SOTO-BLANCO, B. Determinação das atividades séricas de creatina quinase, lactato desidrogenase e aspartato aminotransferase em equinos de diferentes categorias de atividade. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v. 59, n. 1, p. 250-252, 2007.

SILVA, M. C. P.; BERKMAN, C.; BADIAL, P. R.; SARMENTO, E. C. L. B.; OLIVEIRA, N. G. F.; RAPHAEL, U. B.; MEDEIROS, J. M. Q.; TEIXEIRA, L. G. Determinação das variáveis fisiológicas e bioquímicas de equinos Mangalarga Marchador durante prova oficial de marcha. Ciência Veterinária nos Trópicos, Recife, v. 18, n. 1 p. 27-32, 2015.

THOMASSIAN, A.; WATANABE, M. J.; ALVES, A. L. G.; HUSSNI, C. A.; NICOLETTI, J. L. M.; FONSECA, B. P. Concentrações de lactato sanguíneo e determinação do V4 de cavalos da raça Árabe durante teste de exercício progressivo em esteira de alta velocidade. Archives of Veterinary Science, v. 10, n. 1, p. 63-68, 2005.

XAVIER, I. L. G. S. Detecção de enfermidades do aparelho locomotor através do exame físico em equinos de vaquejada. Monografia (Graduação em Medicina Veterinária) – Escola Superior de Agricultura de Mossoró, Mossoró, 2002.

Publicado
29-07-2019