Regressão logı́stica: o que leva um acidente rodoviário a ser uma tragédia?

  • Fernanda Venturato Roquim Universidade Federal de Lavras
  • Luiz Ricardo Nakamura Universidade Federal de Santa Catarina
  • Thiago Gentil Ramires Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Renato Ribeiro de Lima Universidade Federal de Lavras
Palavras-chave: Modelagem, Modelos lineares generalizados, Razão de chance, Vítimas.

Resumo

Os acidentes rodoviários são uma importante  questão para o Brasil, uma vez que as vias rodoviárias são a maneira  mais utilizada de transporte no país. A Organização Mundial de  Saúde estima que as lesões causadas nesses acidentes são a principal  causa de morte entre jovens em todo o mundo, o que justifica o  desenvolvimento de estudos sobre o tema. Nesse sentido, a ideia central  deste trabalho foi descobrir, por meio de um modelo de regressão  logística, quais são os fatores e como eles influenciam um acidente  rodoviário a ter vítimas feridas ou fatais. Para tal, foram  utilizados dados públicos da Polícia Rodoviária   Federal sobre acidentes ocorridos no Brasil no ano de  2018. Com o modelo final apresentado foi possível realizar predições a  partir das características das covariáveis, o que é muito relevante  para, por exemplo, o cálculo de seguros. Ademais, foi possível  identificar quais covariáveis influenciam positiva ou negativamente a  probabilidade de haverem vítimas, o que pode auxiliar na criação de  políticas públicas para prevenção dos mesmos.
Publicado
29-07-2019