Determinação de ponto crítico em curva de crescimento na dinâmica do potássio

  • Tiago Almeida Oliveira Universidade Estadual da Paraíba
  • Rayane Santos Leite Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Iago Renan Valentim da Silva Universidade Estadual da Paraíba
  • Ana Patricia Bastos Peixoto Universidade Estadual da Paraiba - UEPB
Palavras-chave: Regressão segmentada, profundidade, platô resposta.

Resumo

A dinâmica da água e solutos  no  solo é uma modelagem relevante para perceber formas que minimizem a poluição das águas superficiais e subterrâneas. No presente trabalho avaliou-se um experimento que cuja finalidade era explicar o comportamento do transporte da quantidade de teores de potássio durante o perfil dos solos Latossolo Vermelho Amarelo e Nitossolo Vermelho. Para isto, aplicou-se os modelos segmentados, tal como platô de resposta linear para averiguar as profundidades críticas estimadas e com isso definir uma profundidade ótima da presença do soluto no solo. Os teores de potássio que compõe os solos foram testadas de acordo com o ajuste dos modelos, pois suas estimativas variam em relação aos dois tipos de solos e ao modelo utilizado, para o solo LVA essa profundidade foi de 0,48 e para o solo NV a profundidade foi de 0,25 no modelo de regressão linear com platô de resposta. De acordo com o coeficiente de determinação, o modelo linear segmentado com platô de resposta se adequa para diagnosticar a profundidade que detêm o menor teor de potássio presente em solos não saturados.

Biografia do Autor

Tiago Almeida Oliveira, Universidade Estadual da Paraíba
Bacharel em Estatística pela Universidade Estadual da Paraíba - UEPB (2006). Mestre em Estatística e Experimentação Agropecuária pela Universidade Federal de Lavras - UFLA (2008). Doutor em Estatística e Experimentação Agronômica - Esalq/Usp (2012). Revisor dos periódicos: Revista Brasileira de Biometria (RBB) e Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária (RBPV). Membro do grupo de pesquisa estatística aplicada e computacional da Universidade Estadual da Paraíba. Atualmente é Professor Doutor nível C e Chefe Adjunto do Departamento de Estatística da Universidade Estadual da Paraíba - UEPB. Foi Coordenador Adjunto do curso de Bacharelado em Estatística (UEPB) entre 2014-2016 e Coordenador do Curso de Estatística (UEPB) entre 2016-2018. Tem experiência na área de Probabilidade e Estatística, com ênfase em Planejamento de Experimentos, Análise de Sobrevivência e Modelos de Regressão. Sua linha de Pesquisa no Mestrado foi a de Planejamento de Experimentos com proeminência em Análise de Covariância. No Doutorado sua linha de Pesquisa foi a de Estatística Genética com ênfase em Melhoramento Genético Animal.
Rayane Santos Leite, Universidade Federal Rural de Pernambuco
Doutoranda em Biometria e Estatística Aplicada pela UFRPE.
Iago Renan Valentim da Silva, Universidade Estadual da Paraíba
Concluinte de estatistica 2019.2 - uepb
Ana Patricia Bastos Peixoto, Universidade Estadual da Paraiba - UEPB
Doutora em Estatística e Experimentação agronomica - Esalq/usp. Professora do departamento de estatística - UEPB

Referências

BATES, D.M.; WATTS, D.G. Nonlinear regression analysis and its applications. New

York: John Wiley & Sons. 1988. 365p.

BRAGA, J.M. Avaliação da fertilidade do solo: ensaios de campo. Viçosa: UFV, 1983. 101p.

DRAPER, N.R.; SMITH, H. Applied regression analysis. 3.ed. New York: John Willey & Sons, 1998. 706p.

LI, B.; Zhang, L.; Yan, Q.; Xue, Y. Application of piecewise linear regression in the detection of vegetation greenness trends on the Tibetan Plateau. International Journal of Remote Sensing, v. 35, n. September, p. 1526-1539, 2014.

KENNEDY, Peter. A Guide to Econometrics. Massachusetts: Blackwell Publishing, 2008.

PARANAÍBA, P. F. Tamanho ótimo de parcelas em delineamentos experimentais. 2007. 63 p. Dissertação (Mestrado em Estatística e Experimentação Agropecuária) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, MG.

PINTO, E. S. O.; CECON, P. R.; SILVA, F. F. e; LIMA, C. G. de; DONATO, S. L. R.; DIAS, C. T. dos. S. Componentes Principais na Estimação do Tamanho Ótimo de Parcelas em Experimentos Envolvendo Genótipos de Bananeira. Rev. Bras. Biom., São Paulo, v. 32, n. 2, p 190-200, 2014

RATKOWSKY, D.A. Nonlinear Regression Modeling: a

Unified Practical Approach. New York: Marcel Dekker, 1983.

R CORE TEAM. R: A language and environment for statistical computing. R Foundation for Statistical Computing, Vienna, Austria. 2019. ISBN 3-900051-07-0, URL url http://www.R-project.org.

REZENDE, D. M. L. C.; MUNIZ, J. A.; FERREIRA, D. F.; SILVA, F. F. e; AQUINO, L. H. de. Ajuste de modelos de platô de resposta para a exigência de zinco em frangos de corte. Ciênc. Agrotec., Lavras, v. 31, n. 2, p. 468-478, mar./abr., 2007.

SALSBURG, D. UMA SENHORA TOMA CHÁ...: como a estatística revolucionou a ciência no século XX. Trad. de José Maurício Gradel, revisão técnica Suzana Herculano-Houzel. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2009. 286p.

SANTANA, T. J. S.; SCALON, J. D.; BITTENCOURT, T. C. C.; SANTANA, A. S. A. de. Modelo Von Bertalanffy com resposta em platô para descrever curvas de crescimento de bovinos de corte. Rev. Bras. Biom., Lavras, v. 34, n. 4, p. 646-655, 2016.

SCHABENBERGER, O.; PIERCE, F.J. Contemporary

Statistical Models for the Plant and Soil Sciences. Boca Raton: CRC Press, 2002. 738 p.

SILVA, J.G.C. da. Análise da adaptabilidade através de regressão linear segmentada. 1. Fundamentos. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.30, n.4, p.435-448, abr. 1995a.

SILVA, J.G.C. da. Análise da adaptabilidade através de regressão linear segmentada. 2. Aplicação. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.30, n.4, p.449-462, abr. 1995b.

WANDERLEY, H. S.; BUNHAK, A. C. S. Alteração da precipitação e do número de dias sem chuva na região Sul Fluminense no estado do Rio de Janeiro. Revista Brasileira de Geografia Física, Rio de Janeiro, v. 09, n. 7, p. 1-13, out./nov., 2016.

WEISBERG, S. Applied linear regression. 3ed. Hoboken: J. Wiley, 2005. 352p.

Publicado
29-07-2019