Da circulação literária transnacional

entre a emulação e a autoria

Palavras-chave: trocas e transferências culturais, literatura nacional, literatura mundo, comparatismo

Resumo

Ao longo de dez capítulos, José Luís Jobim discute os processos de transnacionalização da cultura e da literatura no contexto pós-moderno. Para tal, resgata e discute pontos de vista e termos enraizados pela crítica e pela historiografia de outrora procurando apontar para sentidos outros, mais abertos e plurais. Assim, considera questões que surgem desde a período colonial, passando pelo movimento romântico no século XIX e pelo movimento modernista no XX. Dos dez capítulos que compõem o título, abordaremos aqui somente seis deles, a saber, os capítulos 1, 3, 4, 5, 6 e 8.

Biografia do Autor

Karla Menezes Lopes Niels, UFF / Seeduc-RJ

Karla Menezes Lopes Niels é doutora em Estudos de Literatura pela UFF, professora docente I na Seeduc-Rj , professora mediadora no Consórcio CEDERJ/UFF/UAB e professora substituta no IFRJ, atuando, respectivamente, no ensino médio e na graduação em Letras, nas áreas de Teoria da Literatura, Literatura Brasileira, Literatura Portuguesa e Língua Portuguesa.  Áreas de interesse de pesquisa: Literatura Fantástica,  Literatura Brasileira,  Ensino de Literatura e Formação do Leitor Literário.

Referências

ASSIS, Machado de. “Notícia da atual literatura brasileira: Instinto de Nacionalidade”. In: Obra Completa. Vol. 3. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 2004.
CANDIDO, Antonio. Formação da literatura brasileira: Momentos decisivos. Rio de Janeiro: Ouro sobre o Azul, 2013.
JOBIM, José Luís. Literatura e cultura: do nacional ao transnacional. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2013.
ROCHA, João Cezar de Castro. Machado de Assis: por uma poética da emulação. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2013.
ROMERO, Silvio. História da Literatura brasileira. tomo II. Rio de Janeiro: Garnier, 1888
Publicado
08-07-2021
Seção
Teoria e Crítica Literária