Entre Ficção e História

uma leitura sobre a obra Mulheres no romance histórico contemporâneo português, de Aldinida Medeiros

Palavras-chave: Mulheres, Estudos de Gênero, Crítica Feminista, Romance Histórico Contemporâneo Português, Aldinida Medeiros

Resumo

Para esse diminuto texto crítico-reflexivo, elaboramos uma resenha sobre o livro Mulheres no romance histórico contemporâneo português (2019), da professora e pesquisadora brasileira Aldinida Medeiros, por constatarmos a importância e a grande relevância do seu escrito face ao contexto sócio-político e cultural no qual estamos presenciando no Brasil. Contexto esse, não obstante, no qual ainda há uma forte reverberação de diversos discursos, ideologias e amarras sociais que beiram o retrocesso sócio, histórico, político e cultural do nosso país, principalmente, no que consiste à condição das mulheres. Portanto, percebemos a importância desse livro de Aldinida Medeiros (2019) como uma ferramenta de reflexão e, por conseguinte, um convite à ação contra os posicionamentos extremistas que agridem, violam e desvalorizam as mulheres e os seus direitos legais e civis e, de um modo geral, a sua cidadania. Pois, mesmo em pleno século XXI, em um país miscigenado e repleto de pluralidades como o Brasil, ainda há uma extrema necessidade de reflexão e letramento sócio-político por parte da sociedade brasileira. Então, é através de sua pesquisa teórico-crítica, que estuda a representatividade de quatro figuras femininas do medievo europeu, que Aldinida Medeiros (2019) nos presenteia com uma obra que não só contribui para o ambiente acadêmico-científico, mas que se configura como uma ferramenta de letramento e instrumentalização na formação de sujeitos crítico-reflexivos. 

Biografia do Autor

Francisco Edinaldo de Pontes, Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)

Mestrando em Literatura e Interculturalidade (MLI), pelo Programa de Pós-Graduação em Literatura e Interculturalidade (PPGLI), da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). É graduado em Licenciatura Plena em Letras - Inglês (2019), pela mesma IES. Tem experiência na área de Letras, com ênfase no Ensino de Língua Inglesa. Realiza pesquisas nas áreas de Língua Inglesa; Literatura Anglo-americana e Literaturas Lusófonas. Tem interesse nas áreas de Representações de Gênero na Literatura e em outras Linguagens; Estudos de Gênero na Literatura; Crítica Literária Feminista; Literatura de Autoria Feminina; e Literatura Comparada. Atualmente, desenvolve pesquisas com área de concentração em Literatura e Estudos Interculturais e linha de pesquisa em Literatura, Memória e Estudos Culturais. É membro integrante do Grupo Interdisciplinar de Estudos Literários Lusófonos (GIELLus/UEPB/DGP/CNPq).

Josanille Glenda do Nascimento Ribeiro, Faculdade Integrada de Patos (FIP)

Pós-Graduanda em Língua e Literatura Inglesa (PÓS-FIP). Especialista em Língua, Linguística e Literatura (PÓS-FIP). Especialista em Gênero e Diversidade na Escola (UFPB-VIRTUAL). Atualmente, é Professora de Língua Inglesa e de Língua Portuguesa na rede pública de ensino, e realiza pesquisas nas áreas de Literatura Anglo-americana, Literaturas Lusófonas, Língua Inglesa e Língua Portuguesa.

Referências

BEAUVOIR, Simone de. O Segundo Sexo. Tradução de Sérgio Milliet. 2.ª ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2009.

BELLIN, Greicy Pinto. A crítica literária feminista e os estudos de gênero: um passeio pelo território selvagem. Revista FronteiraZ. São Paulo, n. 7, 2011. p. 01-11. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/fronteiraz/article/view/12201. Acesso em: 17 de setembro de 2020.

HUTCHEON, Linda. Poética do Pós-Modernismo: história, teoria e ficção. Rio de Janeiro: Imago, 1991.

MACEDO, Ana Gabriela; AMARAL, Ana Luísa. Dicionário da crítica feminista. Porto: Edições Afrontamento, 2005.

MEDEIROS, Aldinida. Entre Ficção e História: Isabel, A Rainha Santa de Portugal. Revista Graphos. Revista de Pós-Graduação em Letras. Universidade Federal da Paraíba. João Pessoa, v. 15. n. 01, 2013. p. 01- 11. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/graphos/article/view/16313. Acesso em: 07 de setembro de 2020.

MEDEIROS, Aldinida. Mulheres no romance histórico contemporâneo português. Curitiba: Appris Editora, 2019. 155 p.

MURARO, Rose Marie. A mulher no terceiro milênio: uma história através dos tempos e suas perspectivas para o futuro. 8.ª edição. Rio de Janeiro: Rosa dos Tempos, 2002.

NEVES, Flávia; RIBEIRO, Débora. DICIO: Dicionário Online de Português. Flávia Neves e Débora Ribeiro. Porto: 7Graus, 2020. Disponível em: https://www.dicio.com.br/. Acesso em: 20 de setembro de 2020.

ZINANI, Cecil Jeanine Albert. Crítica Feminista: uma contribuição para a história da literatura. In: Anais do IX Seminário Internacional de História da Literatura. Porto Alegre: Edipucrs, 2012. p. 407-415. Disponível em: https://editora.pucrs.br/Ebooks/Web/978-85-397-0198-8/Trabalhos/18.pdf. Acesso em: 12 de setembro de 2020.
Publicado
25-05-2021
Seção
Teoria e Crítica Literária