Mapeamento Sociolinguístico do português brasileiro

uma resenha

  • Wellington Almeida Programa de Pós-Graduação em Linguística da Universidade Federal do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Mapeamento sociolinguístico, Sociolinguística, Variação, Resenha

Resumo

Publicado em 2015 pela editora Contexto, o livro Mapeamento sociolinguístico do português brasileiro, organizado por Marco Antonio Martins e Jussara Abraçado é uma obra de caráter seminal, uma vez que nenhum dos doze textos presentes tem por objetivo encerrar qualquer questão; pelo contrário, os textos mostram vastas revisões de literatura e conexões possíveis entre áreas outras da linguística e a sociolinguística, capazes de, ao mesmo tempo, instigar acadêmicos da(s) área(s) ou servir de base para pesquisas mais profundas por aqueles que precisem olhar o que já foi feito. Com uma área de abrangência bastante significativa e contando com participações de diversos autores e pesquisadores, o livro faz, ao longo de suas 334 páginas, uma contribuição muito importante para o escopo da pesquisa sociolinguística no Brasil. Nessa resenha, pretende-se entender os caminhos dessa contribuição.

Referências

MARTINS, Marco Antonio e ABRAÇADO, Jussara (Orgs.). Mapeamento sociolinguístico do português brasileiro. São Paulo: Editora Contexto, 2015.
THOMAS, Erik R. “Sociolinguistic variables and cognition.” Wiley Interdisciplinary Reviews: Cognitive Science, v. 2, n. 6, p. 701-716, 2011.
Publicado
09-03-2021
Seção
Linguística