EMPRÉSTIMO LINGUÍSTICO NA LIBRAS: LEMATIZAÇÃO DE SINAIS PURAMENTE DATILOLÓGICOS NO DICIONÁRIO NOVO DEIT-LIBRAS

  • Leandro Andrade Fernandes Universidade Federal de Uberlândia - UFU
Palavras-chave: Línguística

Resumo

EMPRÉSTIMO LINGUÍSTICO NA LIBRAS: LEMATIZAÇÃO DE SINAIS PURAMENTE DATILOLÓGICOS NO DICIONÁRIO NOVO DEIT-LIBRAS

Resumo: Admitindo a grande influência que as línguas exercem entre si, a presente investigação objetiva apresentar os empréstimos linguísticos dicionarizados localizados na periferia do léxico da Língua Brasileira de Sinais (Libras), servindo-nos assim de teóricos da lexicologia com ênfase na lexicografia das línguas orais (LO) e das Línguas de Sinais (LS). Utilizamos como fonte para a coleta de dados o Novo DEIT-Libras (2013), contendo este o maior acervo lexical da Libras. Ao analisar os termos aqui apresentados, foi possível verificar a lematização de unidades linguísticas puramente datilológicas, ou seja, a normatização de sinais construídos a partir da soletração manual, recurso que tem como base o alfabeto da Língua Portuguesa (LP).

Palavras-chave: Empréstimos linguísticos; Libras; Língua Portuguesa.

 

LANGUAGE LOAN IN LIBRAS: LEMATIZATION OF PURELY DATILOLOGICAL SIGNS IN NEW DIT-LIBRAS DICTIONARY

Abstract: Assuming the great influence that languages have on each other, the present research aims to present the language dictionaries loans located in the periphery of the lexicon of the Brazilian Sign Language (Libras), thus serving as theorists of lexicology with emphasis on the lexicography of oral languages (OL) and Sign Language (SL). We used as source for data collection the New DEIT-Libras (2013), containing this the largest lexical collection of Libras. By analyzing the terms presented here, it was possible to verify the lemmatization of purely linguistic units, that is, the standardization of signs constructed from manual spelling, which is based on the Portuguese Language (PL) alphabet.

Keywords: Linguistic loans; Libras; Portuguese language.

 

EL PRÉSTAMO LINGÜÍSTICO EN LIBRAS: LEMATIZACIÓN DE SEÑALES PURAMENTE DACTILOLÓGICOS EN EL DICCIONARIO NUEVO DEIT-LIBRAS

Resumen: Reconociendo la gran influencia que las lenguas ejercen entre sí, la presente investigación busca presentar los préstamos lingüísticos diccionarizados y localizados en La periferia del léxico de la Lengua Brasileña de Signos (Libras), sirviéndonos para tal fin de teóricos de la lexicología con énfasis en la lexicografía de las lenguas orales (LO) y de lãs lenguas de signos (LS). Utilizamos como fuente para la recolección de datos el Nuevo DEITLibras (2013), poseedor del mayor acervo lexical de la Lengua de Signos. Al analizar estos términos, fue posible verificar la lematización de unidades lingüísticas puramente dactilológicas, o sea, la normativización de señales construidas a partir del deletreado manual, recurso que tiene como base el alfabeto de la lengua Portuguesa (LP).

Palabras Clave: Préstamos lingüísticos; Lengua de Signos; Lengua Portuguesa.

Biografia do Autor

Leandro Andrade Fernandes, Universidade Federal de Uberlândia - UFU
Letras e linguística das línguas de sinais

Referências

ALVES, Ieda Maria. Neologismo: criação lexical. São Paulo: Ática, 2007.

BARROS, Mariângela Estelita. ELiS: sistema brasileiro de escrita das línguas de sinais. Porto Alegre: Penso, 2015.

BASÍLIO, Margarida. Formação e classe de palavras no português do brasil. São Paulo: Contexto, 2004.

BATTISON, Robbin M. Lexical borrowing in American Sign Language. SilverSpring, 1978.

BELLUGI, U.; NEWKIRK, D. Formal devices for creating new sign in American Sign Language. In Sign Language Research, vol 30, W.D.C.: Gallaudet University, Spring, 1981.

BIDERMAN, Maria Tereza Camargo. Teoria linguística. São Paulo: Editora Martins Fontes, 2001.

BRASIL. 2002. Lei nº 10.436 de 24 de abril de 2002. Brasília. Presidência da República, Casa Civil, Subchefia para Assuntos Jurídicos.

Dispõe sobre a Língua Brasileira de Sinais - Libras e dá outras providências. Disponível: emhttp://www.planalto.presidencia.gov.br/CCIVIL/LEIS/2002/L10436.htm. Acesso em 15 de ago de 2018.

BRASIL. 2005. Decreto nº 5626 de 22 de dezembro de 2005. Brasília, Presidência da República, Casa Civil, Subchefia para assuntos Jurídicos. Regulamenta a Língua Brasileira de Sinais. Disponível em: http://www.presidencia.gov.br/ccivil/_Ato2004-2006/2005/Decreto/D5626.htm. Acesso em: 15 de ago de 2018.

CAPOVILLA, F. C.; RAPHAEL, W. D.; MAURICIO, A. C. L. Novo DEIT-Libras: dicionário enciclopédico ilustrado trilíngue da língua de sinais brasileira. 3ª ed. São Paulo: Edusp, 2013. 2 v.

CARVALHO, Nelly. Empréstimos linguísticos. São Paulo: Ática, 1989. Dicionário de termos linguísticos. Disponível em: <http://www.ait.pt/recursos/dic_term_ling/index2.htm>. Acesso em: 20 de ago de 2018.

BRITO, L. F. et al. Por uma gramática de língua de sinais. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro / UFRJ, depto. Linguística e Filosofia , 1995.

GARCEZ, P. M.; ZILLES, A. M. S. Estrangeirismos: desejos e ameaças. In: FARACO, Carlos Alberto. (Org). Estrangeirismos: guerras em torno da língua. 2 ed. São Paulo, 2002, p.15-36.

GONÇALVES, C. A. F.; FERREIRA, D.C.; CUNHA, J. M. de J. et al. (2011). O uso do estrangeirismo na língua portuguesa. Lisboa: Revela Guilbert, L. La créativité lexicale. Paris: Larousse, 1975.

MINEIRO, A. et al. Aspectos da Polissemia Nominal em Língua Gestual Portuguesa. In: Revista Polissema, vol. 8, p. 40-64. Porto/Portugal, 2008.

NASCIMENTO, Sandra Patrícia Faria do. Representações lexicais da língua de sinais brasileira: uma proposta lexicográfica. 2009. 325 f. Tese (Doutorado em Linguística) – Universidade Federal de Brasília – UNB: Brasília, 2009.

NASCIMENTO, Cristiane Batista do. Empréstimo linguístico do português na Língua de Sinais Brasileira - LSB: línguas em contato. 2010. 111 f. Dissertação (Mestrado em Linguística) - Universidade de Brasília – UNB: Brasília, 2010.

QUADROS, Ronice Muller de; KARNOPP, Lodenir Becker. Língua de sinais brasileira: estudos linguísticos. Porto Alegre: Artes Médicas, 2004.

______; PIMENTA, N. Curso de Libras 1. Rio de Janeiro: LSB Vídeo. 2006.

SUTTON-SPENCE, R; WOLL, B. The lingustics of British sign Language: an introduction. Cambridge: University Press, 1999.

TIMBANE, Alexandre António. Os estrangeirismos e os empréstimos no português falado em Moçambique. Caderno de estudos linguísticos. v. 54, n. 2, p. 289-304. Araraquara, 2012.

Publicado
25-05-2019
Como Citar
FernandesL. A. (2019). EMPRÉSTIMO LINGUÍSTICO NA LIBRAS: LEMATIZAÇÃO DE SINAIS PURAMENTE DATILOLÓGICOS NO DICIONÁRIO NOVO DEIT-LIBRAS. Revista (Entre Parênteses), 8(1). https://doi.org/10.32988/rep.v1n8.843
Seção
Dossiê Ciências do Léxico