A desigualdade social como ferramenta narrativa em O Caminho para Wigan Pier, de George Orwell

  • Débora Reis Tavares Universidade de São Paulo (USP)
Palavras-chave: George Orwell, O Caminho para Wigan Pier, Literatura, História, Socialismo.

Resumo

Diante do livro O Caminho para Wigan Pier, de George Orwell, e suas múltiplas interpretações, procuramos nos atentar à leitura dos paralelos entre problemas histórico-sociais e sua representação literária. Aqui estamos diante da crise econômica dos anos 1930 na Inglaterra e como isso afetou o setor minerador de Wigan. Com isso, a obra se apresenta dividida em dois formatos distintos: relato narrativo e ensaio argumentativo. A correlação entre os obstáculos históricos e seu desdobramento na estética literária nos propicia uma interpretação interessante sobre a obra orwelliana e sua potência transformadora perante a sociedade.
Publicado
18-12-2017
Como Citar
TavaresD. R. (2017). A desigualdade social como ferramenta narrativa em O Caminho para Wigan Pier, de George Orwell. Revista (Entre Parênteses), 6(1). https://doi.org/10.32988/rep.v1i6.577
Seção
Dossiê Literatura e Resistência