POEMA ENUNCIADO

UMA ANÁLISE BAKHTINIANA

  • Bianca Ariane Bernardini Universidade Estadual do Paraná
Palavras-chave: Círculo de Bakhtin; Francisco Alvim; poema Mas; enunciado.

Resumo

Considerando os conceitos concebidos pelo Círculo de Bakhtin referentes à linguagem, este artigo busca apresentar uma nova leitura do poema Mas, do poeta contemporâneo Francisco Alvim. Em sua obra Elefante (2000), Alvim resgata enunciados corriqueiros do cotidiano, quase proverbiais, e os reapresenta, poética e criticamente, reelaborados e reacentuados. A análise do poema Mas é organizada pelo ponto de vista bakhtiniano de que todo enunciado é único e irrepetível e que, por isso, um mesmo enunciado, dentro de um novo contexto social imediato, torna-se um novo signo ideológico. O signo, na percepção de Bakhtin/Volochinov (2014), conceitua essencialmente o tratamento da ideologia através da linguagem como um constante processo de interação mediado pelo diálogo, por meio de enunciados concretos.

Biografia do Autor

Bianca Ariane Bernardini, Universidade Estadual do Paraná

Possui graduação em Licenciatura em Letras - Português e Inglês pela Universidade Estadual do Paraná, Campus de União da Vitória (2015) e Pós-Graduação em Educação Especial e Inclusiva pelo Centro Universitário Internacional - UNINTER (2019). Atua como professora particular de Língua Portuguesa, com ampla experiência nos seguintes temas: texto e discurso, produção textual (oral e escrita), textualidade, gêneros discursivos, estudos linguísticos, gramática, metodologia de ensino e análise do discurso.

Referências

ALVIM, Francisco. Elefante. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

______. Entrevista com Francisco Alvim. Entrelinhas. Editor Manuel da Costa Pinto. Apresentação de Paula Picarelli. São Paulo: TV Cultura de São Paulo, 16 mai. 2010. Disponível em: . Acesso em: 05 set. 2016.

BAKHTIN, M. M. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

BAKHTIN, Mikhail; VOLOCHINOV, Valentin Nikoláievitch. Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico da linguagem. São Paulo: Hucitec, 2014.

BASTOS, Laíse Ribas. Mas é limpinha: uma poética para Francisco Alvim. Disponível em: . Acesso em: 02 ago. 2016 (2014).

ENCICLOPÉDIA ITAÚ CULTURAL DE ARTE E CULTURA BRASILEIRA: Francisco Alvim. São Paulo: Itaú Cultural, 2023. Disponível em: < https://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa3645/francisco-alvim>. Acesso em: 09 de agosto de 2022.

PEREIRA, Carlos Alberto Messeder. Retrato de época: poesia marginal anos 70. Rio de Janeiro: Funarte,1981.

SCHWARZ, Roberto. Elefante complexo. Disponível em: . Acesso em: 30 ago. 2016 (2001).
Publicado
24-10-2023
Como Citar
Ariane BernardiniB. (2023). POEMA ENUNCIADO: UMA ANÁLISE BAKHTINIANA. Revista (Entre Parênteses), 12(1), 1-15. https://doi.org/10.32988/rep.v12n1.2132
Seção
DOSSIÊ NAS TEIAS DA LINGUAGEM