A FORMAÇÃO IDENTITÁRIA DO IMIGRANTE EM GAROTA, TRADUZIDA, DE JEAN KWOK

  • Victória Bezerra Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Identidade cultural, Aculturação, Jean Kwok

Resumo

O romance Garota, traduzida, de Jean Kwok é uma apropriação contemporânea do bildungsroman e narra a trajetória de uma imigrante chinesa nos EUA. O presente artigo tem como objetivo analisar a reconfiguração identitária da protagonista, na perspectiva do modelo de aculturação bidimensional de John Berry (2004), dos estudos de Stuart Hall (2003) e Dennys Cuche (1999) acerca da identidade cultural e das considerações de Benedict Anderson (2008) sobre a identidade nacional.

Biografia do Autor

Victória Bezerra, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Graduada em Letras - Português e Inglês pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (FFP). Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística - PPLIN/UERJ, na Área de Estudos Literários. Atua como revisora da Revista Soletras, periódico do PPLIN, vinculada ao Departamento de Letras da Faculdade de Formação de Professores. Membro integrante do projeto de pesquisa Migração, identidade e memória: representações do imigrante na literatura contemporânea em língua inglesa.

Referências

ANDERSON, Benedict. Comunidades Imaginadas. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.
BERRY, J. W. Migração, Aculturação e Adaptação. In: Psicologia, E/Imigração e Cultura. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2004.
COOLEY, Charles H.. Human Nature and the Social Order. New York: Charles Scribner's Sons, 1902.
CUCHE, Dennys. Cultura e identidade. In: A noção de cultura nas ciências sociais. Bauru: EDUSC, 1999, p. 175-202.
DUFOURMANTELLE, Anne. Anne Convida Jacques Derrida a Falar da Hospitalidade. trad. Antonio Romane. São Paulo: Escuta, 2003.
DUBAR, Claude. A Crise das Identidades: A Interpretação de uma Mutação. São Paulo: Edusp, 2009.
HALL, S. A identidade cultural na pós-modernidade. Trad. Tomaz Tadeu da Silva e Guacira Lopes Louro. 7. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2003.
HANCIAU, Núbia. O Entrelugar. In: Figueiredo, E. Conceitos de literatura e cultura. Juiz de Fora: Editora UFJF/Niterói, RJ: EdUFF, 2005, p. 215-241.
KWOK, Jean. Garota, Traduzida. Tradução de Paulo Afonso. Rio de Janeiro: Objetiva, 2011.
________. An Interview with Jean Kwok, Author GIRL IN TRANSLATION. [Entrevista concedida a] Riverhead Books. [Republicada por] Reading Group Guides. [S.I.], 2011. Disponível em: https://www.readinggroupguides.com/blog/2011/05/26/an-interview-with-jean-kwok-author-girl-in-translation. Acesso em: 14 jun. 2020.
LOBO, Patrícia Alves de Carvalho. Chicanas em busca de território: A herança de Gloria Anzaldúa. 2015. 442 f. Tese (Doutorado em Estudos de Literatura e de Cultura) – Universidade de Lisboa, Lisboa, 2015.
PRAZERES, Lílian L. G.; Miglievich-Ribeiro, Adelia. A Produção da Subalternidade Sob a Ótica Pós-Colonial (e decolonial): algumas leituras. Temáticas, Campinas, SP, 23, (45/46), fev./dez, 2015, p.25-42.
SUMEI, Zou. Análise de Diferenças Culturais Entre a Educação Chinesa e a Ocidental. 2018. 57 f. Dissertação (Mestrado em Português Com Língua Segunda Ou Estrangeira) – Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, 2018. Disponível em: . Acesso em: 12 jun. 2020.
Publicado
10-12-2020
Como Citar
BezerraV. (2020). A FORMAÇÃO IDENTITÁRIA DO IMIGRANTE EM GAROTA, TRADUZIDA, DE JEAN KWOK. Revista (Entre Parênteses), 2(9). https://doi.org/10.32988/rep.v2n9.1158
Seção
DOSSIÊ ESCRITORES (E) MIGRANTES NA NARRATIVA DE LÍNGUA INGLESA CONTEMPORÂNEA