TOMBAMENTO, ORALIDADE E PATRIMÔNIO IMATERIAL: RELAÇÕES POSSÍVEIS

Adebal de Andrade Júnior

Resumo


Resumo: este artigo analisa quatro processos de tombamento realizados em Contagem/MG, cidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), entre 1998 e 2005, investigando as relações entre as dimensões material e imaterial presentes nas estruturas arquitetônicas que foram reconhecidas pelo poder público como patrimônios. As narrativas elaboradas para justificar os tombamentos em Contagem evidenciam a conexão entre o intangível e o concreto, revelando estas duas dimensões como elementos coligados. Para realizar meu estudo entrevistei os envolvidos nesses processos e examinei os dossiês de tombamento.

Palavras-chave: Tombamento; Contagem/MG; Patrimônio imaterial.

Abstract: this article examines four heritage listing processes in the municipality of Contagem/MG, in the metropolitan area of Belo Horizonte (RMBH), in the period of 1998-2005, investigating the relations between the tangible and intangible dimensions present in the architectural structures, which have been recognized as heritage by the local government. The elaborated narratives to justify the listings in Contagem/MG highlight the connection between intangible and tangible heritage, revealing these two dimensions as connected elements. In order to conduct the study, I interviewed some people involved in the process and examined the registration dossiers.

Keywords: Listing; Contagem/MG; Intangible Heritage.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Periódico indexado em:

– Portal Periódicos CAPES (http://www.periodicos.capes.gov.br)

– DOAJ (https://doaj.org)

– Latindex (http://www.latindex.unam.mx)