UMA ABORDAGEM À DIDÁTICA DO ENSINO DE GEOGRAFIA HISTÓRICO-CRÍTICA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29327/243949.3.5-4

Palavras-chave:

Educação, humanização, prática social, conceito, produção do conhecimento

Resumo

Neste trabalho buscamos contribuir com o desenvolvimento do ensino de geografia, refletindo sobre os métodos de ensino e de aprendizagem, em diálogo com os princípios da pedagogia histórico-crítica e da psicologia histórico-cultural, que consideramos ser coerentes com uma abordagem da geografia crítica. Em nossa reflexão teórica partimos dos fundamentos da educação e da psicologia da educação, congruentes entre si, caminhando na direção de uma didática para o ensino de geografia, considerando a pertinência da compreensão da relação dialética dos processos de ensino e de aprendizagem articulados no duplo trânsito entre o visível e o invisível na leitura do espaço.

Biografia do Autor

Alex Cristiano de Souza, Universidade do Estado de Minas Gerais

Graduado em Licenciatura em Geografia pela Universidade Federal de Alfenas, mestre e doutor em Geografia pela Universidade Federal de Uberlândia.
Docente na Universidade do Estado de Minas Gerais, atuando na área de Ensino de Geografia. Unidade Ituiutaba.

Referências

COUTO, Marcos Antônio Campos. A visibilidade do invisível: conceitos e organização do ensino de geografia. Revista Tamoios, V. Ano II, p. 01-31, 2006.

COUTO, Marcos Antônio Campos. Ensino de geografia: abordagem histórico-crítica. Tamoios. Ano V, Nº. 2, 2009.

COUTO, Marcos Antônio Campos. Ensinar Geografia ou ensinar com a geografia? das práticas e dos saberes espaciais à construção do conhecimento geográfico na escola. Terra Livre, Ano 26, V.1, n. 34, p. 109-124, jan-jun/2010.

COUTO, Marcos Antônio Campos. Para a crítica da Geografia que se ensina através dos livros didáticos. In: TONINI, Ivaine Maria. et al. (org.). O livro didático de geografia e os desafios da docência para aprendizagem. Porto Alegre - RS: Editora sulina, 2017.

DUARTE, Newton. Concepções afirmativas e negativas sobre o ato de ensinar. Cadernos CEDES, Campinas, v. 44, p. 85-106, 1998. https://doi.org/10.1590/S0101-32621998000100008

DUARTE, Newton. Os conteúdos escolares e a ressurreição dos mortos. 1. ed. Campinas: Autores Associados, 2016.

DUARTE, Newton. A catarse na didática da pedagogia histórico-crítica. Pro-Posições [online]. 2019, vol.30, 2019. https://doi.org/10.1590/1980-6248-2017-0035

GALVÃO, Ana Carolina; LAVOURA, Tiago Nicola; MARTINS, Lígia Márcia. Fundamentos da didática histórico-crítica. Campinas, SP: Autores Associados, 2019.

MARTINS, Lígia Márcia. O Desenvolvimento do Psiquismo e a Educação Escolar: contribuições à luz da psicologia histórico-cultural e da pedagogia histórico-crítica. Campinas, SP: Autores Associados, 2013.

MARTINS, Lígia Márcia. Psicologia histórico-cultural, pedagogia histórico-crítica e desenvolvimento humano. In. MARTINS, Lígia Márcia; ABRANTES, Angelo Antonio; FACCI, Marilda Gonçalves Dias. Periodização histórico-cultural do desenvolvimento humano: do nascimento à velhice. Campinas, SP: Autores Associados, 2016.

MOREIRA, Ruy. Pensar e ser em Geografia: Ensaios de uma história, epistemologia e ontologia do espaço. 2 ed., São Paulo: Contexto, 2011.

MOREIRA, Ruy. O discurso do avesso: para a crítica da geografia que se ensina. São Paulo: Contexto, 2014.

MOURA, Manoel Oriosvaldo de; SFORNI, Marta Sueli de Faria; ARAÚJO, Eliane Sampaio. Objetivação e apropriação de conhecimentos na atividade orientadora de ensino. Teoria e Prática da Educação, v. 14, n. 1, p. 39-50, 2 jan. 2012.

RESENDE, Márcia Spyer. A geografia do aluno trabalhador: caminhos para uma prática de ensino. São Paulo: Edições Loyola, 1989.

SANTOS, Milton. Por uma Geografia Nova: da crítica da Geografia a uma Geografia Crítica. 6 ed. São Paulo, Editora da Universidade de São Paulo, 2008.

SAVIANI, Demerval. Escola e democracia: teorias da educação, curvatura da vara, onze teses sobre educação e política. 12 ed. São Paulo: Cortez: Autores Associados, 1986.

SAVIANI, Demerval. Trabalho e educação: fundamentos ontológicos e históricos. In. Revista Brasileira de Educação, v. 12, p. 152-165, 2007. https://doi.org/10.1590/S1413-24782007000100012

SAVIANI, Demerval. A função docente e a produção do conhecimento. Educação e Filosofia, v. 11, n. 21/22, p. 127-140, 3 out. 2008.

SAVIANI, Demerval. Antecedentes, origens e desenvolvimento da pedagogia histórico-crítica. In: MARSIGLIA, Ana Carolina Galvão (org). Pedagogia Histórico-Crítica: 30 anos. Campinas, SP: Autores Associados, 2011.

SAVIANI, Demerval.; DUARTE, Newton. Pedagogia histórico-crítica e luta de classes na educação escolar. Campinas: Autores Associados, 2012.

SAVIANI, Demerval.. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 11 ed. rev. campinas, SP: Autores Associados, 2013.

SAVIANI, Demerval. Introdução. In. SAVIANI, Demerval. Educação: do senso comum à consciência filosófica. 19. ed. Campinas-SP: Autores Associados, 2013b.

VIGOTSKI, Lev Semiónovic. A construção do pensamento e da linguagem. Tradução Paulo Bezerra. 2 ed. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2009.

VIGOTSKI, Lev Semiónovic. A formação social da mente: o desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. 7.ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007

VIGOTSKI, Lev Semiónovic. Psicologia pedagógica. São Paulo: WWF Marins Fontes, 2016.

Downloads

Publicado

27-03-2023

Como Citar

SOUZA, Alex Cristiano de. UMA ABORDAGEM À DIDÁTICA DO ENSINO DE GEOGRAFIA HISTÓRICO-CRÍTICA. Boletim Alfenense de Geografia, [S. l.], v. 3, n. 5, p. 70–92, 2023. DOI: 10.29327/243949.3.5-4. Disponível em: https://publicacoes.unifal-mg.edu.br/revistas/index.php/boletimalfenensedegeografia/article/view/1999. Acesso em: 27 fev. 2024.