A influência dos índices setoriais da Bolsa de Valores sobre o índice Ibovespa: uma análise estatística-econométrica para o período 2015 e 2016

  • Alef Rodrigo Pereira Centro Universitário do Sul de Minas UNIS-MG.
  • Cláudio Silva Palmuti Centro Universitário do Sul de Minas UNIS-MG.
  • Pedro dos Santos Portugal Junior Centro Universitário do Sul de Minas - UNIS-MG
  • Sheldon William Silva Centro Universitário do Sul de Minas UNIS-MG.
  • Alessandro Ferreira Alves Centro Universitário do Sul de Minas UNIS-MG.

Resumo

O estudo realiza uma análise dos índices de ações do mercado brasileiro para determinar o grau de associação e existência de relação causal entre o IBOVESPA e os índices setoriais da Bolsa de Valores. Foram utilizados testes de correlação, significância e uma análise econométrica de causalidade. Os dados utilizados são secundários e os resultados foram estimados com base nas variações diárias de cada índice entre 2015 e 2016, totalizando uma amostra de 496 observações. Utilizaram-se os softwares: IBM SPSS Statistics 21, Microsoft Excel 2013 e Eviews 9 e aplicaram-se o coeficiente de correlação de Pearson e o teste de causalidade de Granger. As análises revelaram que praticamente todos os índices setoriais, com exceção do IMAT, apresentaram forte relação de associação com o Ibovespa. Os resultados do teste de causalidade de Granger revelaram que, dos índices setoriais, apenas o ICON e o INDX exercem influência sobre o Ibovespa.

Biografia do Autor

Alef Rodrigo Pereira, Centro Universitário do Sul de Minas UNIS-MG.

Bacharel em Administração – Comércio Exterior. Mestrando em Administração Pública do PROFIAP da Universidade Federal de Alfenas (Unifal-MG).

Cláudio Silva Palmuti, Centro Universitário do Sul de Minas UNIS-MG.

Mestre em Administração, Professor do Centro Universitário do Sul de Minas (UNIS/MG).

Pedro dos Santos Portugal Junior, Centro Universitário do Sul de Minas - UNIS-MG

Pós-doutorado em Desenvolvimento Econômico, Professor do Programa de Pós-Graduação em Gestão e Desenvolvimento Regional do Centro Universitário do Sul de Minas (UNIS-MG).

Sheldon William Silva, Centro Universitário do Sul de Minas UNIS-MG.

Doutorando e Mestre em Administração, Professor do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais.

Alessandro Ferreira Alves, Centro Universitário do Sul de Minas UNIS-MG.

Doutor em Engenharia Elétrica, Professor do Programa de Pós-Graduação em Gestão e Desenvolvimento Regional do Centro Universitário do Sul de Minas (UNIS-MG).

Publicado
20-04-2020